A Em Cantos do Café Especial promove passeios pelas mais belas paisagens de Minas e pela produção e conhecimento dos cafés especiais.

Siga-nos!
GO UP

Em cantos do café especial

café especial

Quais as diferenças entre café especial x café normal

Já faz algum tempo que discussões sobre as diferenças entre café especial x café normal circulam na web. Para sanar essa dúvida de uma vez por todas, o jeito foi pesquisar. Portanto, neste artigo, você terá as principais questões envolvendo os dois produtos, além de um comparativo entre eles.

Café especial x café normal

O café é uma bebida muito apreciada no Brasil. Afinal, somos os maiores produtores do grão em todo o mundo! Tamanha produção nacional faz com que tenhamos muitas marcas disponíveis no mercado. No entanto, essa enorme variedade também levanta uma questão a respeito de qual é a melhor bebida: café especial x café normal?

Café especial

Aqui costuma acontecer uma confusão envolvendo o café gourmet e o café especial, já que algumas pessoas acreditam se tratar do mesmo produto. Porém, devemos deixar claro que são bebidas completamente diferentes. Inclusive, o café gourmet chega a ser considerado inferior ao especial. Isso acontece devido ao fato de a classificação gourmet ser associada mais a marcas famosas, do que ao fator qualidade, já que o produto não passa por uma avaliação profissional.

Você pode estar se perguntando quem decide se um café é especial ou não, e quais são os critérios para essa definição. Então vamos direto ao assunto! Desde já, é necessário deixar claro que uma pessoa não pode apenas decidir que um café é especial de acordo com o seu paladar. Para classificar um café como especial, é necessária toda uma avaliação profissional. E quem é responsável por essa avaliação?

A decisão fica com a SCA – Specialty Coffee Association, órgão responsável pela avaliação sensorial de cafés, no mundo todo.

Assim, antes de denominar um café como especial ou comum, eles realizam uma minuciosa avaliação do produto, com base nos requisitos abaixo:

  • ●Doçura, sabor e acidez;
  • ● Corpo, finalização e harmonia;
  • ● Fragrância/Aroma;
  • ● Ausência de defeitos;
  • ● Uniformidade;
  • ● Conceito final – onde o avaliador faz uma impressão geral sobre o produto.

Apenas na etapa do conceito final é levada em consideração a opinião do avaliador. E, para que o café entre para a classificação de especial, ele deve atingir 80 pontos de uma escala que vai até 100.

Café normal

O café normal, também conhecido como café tradicional, é aquele produto de moagem fina, com cor preta e sabor amargo. Ele é o café mais comumente encontrado nas casas dos brasileiros, e possui fácil acesso, já que é vendido em qualquer mercado. Por ser um café mais acessível, a sua produção não é feita de forma tão minuciosa. Os grãos não são selecionados, podendo haver grãos defeituosos e impurezas da lavoura na hora da sua torra e trituramento.

Nesse caso, não existe uma avaliação para classificar o produto, mesmo ele sofrendo variações, como, por exemplo, a sua versão extraforte. A qualidade desse produto é analisada pelo próprio consumidor, de acordo com a marca que a produz – se for feito por uma marca famosa, provavelmente terá uma melhor qualidade do que o produzido por uma marca desconhecida.

Quando o fator é puramente a qualidade, também pode-se observar os valores, já que cafés um pouco mais caros tendem a ser melhores do que cafés com um custo reduzido.

Pontos positivos e negativos entre café especial x café normal

Agora que você já sabe o que é um café especial e um café normal, entenda algumas características positivas e negativas de cada um.

Pontos positivos do café especial

  • A principal vantagem do café especial é o fato de ele passar por uma avaliação no SCA, órgão responsável da área e de cunho internacional. Ou seja, a qualidade do café especial é atestada conforme os requisitos exigidos pela organização.
  • O café especial possui grãos selecionados e passa por um processo de torra extremamente cuidadoso para que o seu sabor seja realçado.

Pontos positivos do café normal

  • Algumas marcas oferecem produtos muito saborosos a um bom custo.
  • É encontrado facilmente em mercados, padarias e lanchonetes.

Pontos negativos do café especial

  • Por ser mais requintado, o café especial é mais caro.
  • É encontrado para consumo em padarias e/ou cafeterias refinadas e/ou especializadas.

Pontos negativos do café normal

  • Além de não passar por uma avaliação no SCA, o café normal pode ter grãos defeituosos e impurezas da lavoura em sua composição.
  • O café normal passa por uma torra excessiva, o que acaba deixando a bebida muito amarga, com menos sabor original do grão.

Vale lembrar que tanto o especial quanto o normal podem entrar na classificação de café gourmet. Afinal, essa classificação se refere especialmente a marcas famosas presentes no mercado, não contabilizando a diferença na produção dos grãos, modo de preparo, aromas, sabores etc.

Café especial x café normal: qual a melhor opção?

Tecnicamente falando, após avaliar os prós e contras, é chega-se à conclusão de que o café especial é a melhor opção. Isso ocorre devido ao seu modo de produção (feito com grãos selecionados), e a sua avaliação de qualidade, que alcança no mínimo 80 pontos de 100 no SCA. Todavia, como o café se trata de um produto que leva em consideração o paladar do consumidor, dificilmente a resposta será unânime.

Então, o melhor é experimentar a maior variação possível de marcas e sabores e fazer a escolha de acordo com o seu gosto.

Leave a Reply